Autor: Domitila González

Sobre

Domitila González

Domitila Gonzalez é atriz e jornalista e dedica seu tempo livre a seus diretores favoritos. Adora clássicos, é fã incondicional de preto-e-branco, mas não abre mão das cores de Almodóvar.

Vamos celebrar o Dia Nacional do Teatro!

“O teatro é a arte principalmente do ator, o cinema é a do diretor”. Para além dos jargões e clichês e todas as belas frases de Paulo Autran, como a citada anteriormente, cinema e teatro andam bastante juntos. Vira e mexe, as linguagens conversam tanto que, para nosso deleite, surgem alguns filmes como estes que o Cinemascope escolheu para celebrar o Dia Nacional do Teatro. Quando pensamos na relação entre palco e telão, de início aparecem implicações técnicas e diferenças óbvias. Mas se pensarmos bem, as duas experiências brincam com a realidade e, de certa forma, transportam o espectador...

Ler Mais

A Igualdade é Branca

Por Domitila Gonzalez O segundo filme da trilogia das cores leva no título a palavra “igualdade” e conta a história de um imigrante polonês que foi humilhado por sua ex-mulher francesa (Julie Delpy) e busca vingança. A cena inicial do filme situa o espectador numa audiência para um divórcio e já encaminha o enredo para o ponto de vista de Karol Karol (Zbigniew Zamachowski), personagem central da trama. Já de cara é possível notar que, diferentemente do primeiro filme da trilogia, lançado pelo diretor Krzysztof Kieslowski, A Igualdade é Branca vem carregado de picos de emoções e quase zerado...

Ler Mais

Kubo e as cordas mágicas

Por Domitila Gonzalez A verdade é que o ano está difícil para os concorrentes a melhor animação. Não é fácil bater dois campeões de bilheteria e aceitação do público, principalmente infantil: Moana e Zootopia. Quando comecei a assistir a Kubo, fui cheia de expectativas sobre ser mais um desenhinho fofinho com final felizinho e me surpreendi com a qualidade técnica do que me foi apresentado. Dirigido por Travis Knight, cabeça dos estúdios Laika que também produziram Coraline (2009) e ParaNorman (2012), a animação que conta a história de um menino que já nasceu destinado a derrotar o espírito vingativo...

Ler Mais

O Lar das Crianças Peculiares

Por Domitila Gonzalez ***Essa crítica contém spoiler*** O que se perde, numa adaptação? Toda vez que um filme “baseado” num livro ganha as telonas, é sempre prenúncio de longas e polêmicas discussões. Leitora voraz e cinéfila desde sempre, quando penso em escrever sobre esse tipo de situação acabo me deparando com questões de roteiro que me deixam num lugar difícil. Não foi diferente com O Lar da Senhorita Peregrine. Desde o momento em que fiquei sabendo da existência do livro, torci para que logo, logo, ele virasse um filme. Daí a Fox compra os direitos, vem Tim Burton e...

Ler Mais

Perdido em Marte

Por Domitila Gonzalez Repleto de piadocas e efeitos especiais, Perdido em Marte é a direção mais recente de Ridley Scott (Hannibal; 2001). Baseado no livro homônimo de Andy Weir, o roteiro de Drew Goddard (Guerra Mundial Z; 2013) traz quase duas horas e meia de uma ficção científica carregada de tempos esquisitos e soluções criativas para problemas impossíveis. Matt Damon é Mark Watney, um astronauta da NASA relatado como morto, depois de um contratempo em um dos trabalhos de campo de sua equipe. Comandados por Melissa Lewis (Jessica Chastain), todos voltam para a base espacial sem saber, contudo, que o cara...

Ler Mais