Author: guilherme

Sobre

Guilherme Franco

Uma mistura de Wes Anderson, Lars Von Trier, Coutinho e Godard. Videomaker, futuro jornalista e diretor, ama filosofar e repensar como produtos artísticos seriam de outra forma. Vegetariano e corredor, a cada dia tenta se acostumar mais com essa sociedade que vive de utopias.

La Chanson

La Chanson foi uma das surpresas do Festival de Curtas Vila do Conde. Ao ler a sinopse, pode-se ter a impressão de que se trata de uma história comum e engraçadinha, mas a diretora, que também é uma das atrizes, consegue realizar um trabalho muito interessante em meio a uma ficção com traços documentais. Logo no início, uma das três personagens narra a criação da Disney World de Paris, o primeiro espaço da França vendido a empresas privadas pelo governo. Em contrapartida, a empresa americana praticamente construiu uma cidade em volta da região do parque, com réplicas perfeitas não...

Ler Mais

Meninas Formicida

Com estreia no Festival de Veneza, o novo curta do brasileiro Paulo Miranda Maria utiliza toda a a linguagem já consagrada em seus filmes anteriores como: Command Action e A Mulher que dançou com o Diabo. A lente que a fotografia faz uso dá um grande estilo visual, além de invocar um clima para a história junto aos movimentos de zoom. Além disso, mais uma vez o autor aborda a cultura popular como a música sertaneja e um motoqueiro vestido com uma jaqueta com a foto da Nicki Minaj em Anaconda na parte de trás. O grande ponto do...

Ler Mais

Club Europa

Um retrato da Europa atual e a relação com imigrantes: isso é o que traz o filme da alemã Franziska Hoenisch. Inicialmente, a obra é um filme televisivo, mas tirando o ponto de que foi produzido pela ZDF (Zweites Deutsches Fernsehen), uma das TVs públicas alemãs, a obra tem grande teor cinematográfico. Franziska traz um grande diálogo, em especial com o público europeu.  O longa conta com vários idiomas, indo do alemão, passando pelo francês e inglês até algumas poucas falas do personagem Samuel em uma das muitas língua de Camarões. Daí o título Club Europa, uma metáfora sobre...

Ler Mais

Killing Jesús

Durante o FEST – New Directors New Films Festival, Killing Jesus era um dos filmes que eu estava mais curioso para ver. O filme de Laura Mora Ortega, cineasta latino-americana, tem um título forte e uma proposta interessantíssima, e consegue por fim, fazer um retrato potente da real situação de muitas pessoas em nosso continente. O longa conta a história de Paula, uma adolescente que após ver seu pai que era um professor universitário assassinado em sua frente, decide ir atrás do criminoso e começar uma investigação por conta própria. Isto é algo que logo começamos questionar no filme: até...

Ler Mais

Mais um pra conta: participamos do FEST – Novos Realizadores | Novo Cinema Festival em Portugal

Recentemente, fomos até a pequena e charmosa cidade de Espinho, em Portugal, com uma linda praia e próxima do município de Porto. Foi nesse cenário que aconteceu esse ano a 14ª edição do FEST – New Directors New Films Festival. O FEST tem a particularidade de exibir filmes de novos realizadores e, assim, ser uma janela de oportunidades e impulso para o começo da carreira de cineastas iniciantes. O festival é dividido em três partes: Training Ground (uma seção de formação, com masterclasses e workshops), Pitching Forum (espaço de laboratório para desenvolvimento e financiamento de projeto) e por último,...

Ler Mais