Author: jenilson

Sobre

Jenilson Rodrigues

Gosto de cinema. Cheio de manias e vícios em músicas, filmes e gente estranha. Curto bons shows musicais e boas conversas, melhor ainda se forem sobre cinema. Follow me.

Dancing in the dark com Bruce Springsteen

Falamos tanto aqui em músicas que embalam filmes e eternizam em nossas mentes momentos únicos do cinema. A dancinha de Vincent Vega e Mia Wallace, em Pulp Fiction. Ou a versão intimista de Wayfaring Stranger, na voz de Elise em Alabama Monroe. Ou Gene Kelly rodopiando ao som de Singing in the Rain. E se a gente imaginasse uma história sendo contada através de músicas. Hum! Talvez já tenhamos visto algo desse tipo. Mas, a experiência de ver Bruce Springsteen em Springsteen on Broadway é algo marcante pra quem é fissurado em música. E em cinema. E, é claro,...

Ler Mais

O que rola na vitrola de Spike Lee?

Você que conhece bem o cinema de Spike Lee também já se perguntou o que deve tocar no Spotify, Deezer, Tidal ou quem sabe no Ipod, mp3 ou no toca discos dele? Com o lançamento do incrível Infiltrado na Klan (2018), bateu aquela vontade de matar essa curiosidade. E pra isso não bastava vir aqui e fazer um post sobre a trilha sonora dessa maravilha de parceria com Jordan Peele ou catar nas trilhas dos seus filmes as melhores músicas. Fizemos isso e um pouco mais. Pra começar, Infiltrado na Klan conta com a presença de uma lenda da...

Ler Mais

No ritmo de A Star is Born

Em um ano que chegaram aos cinemas filmes sobre lendas da música como Freddie Mercury e Elza Soares, a gente ganhou um bom filme e uma trilha sonora cheia de energia para A Star is Born. Confesso que fui fisgado pela música, mais uma vez. Estava encarando a possibilidade de ir ao cinema de coração aberto, e depois de alguns adiamentos, ouvi La Vie En Rose na voz da Lady Gaga e soltei logo um: queeee isso! É ótimo ver e ouvir em 2018 essa celebração de lendas da música, ainda mais com essa maravilhosa versão pra canção de...

Ler Mais

Precisamos falar sobre a trilha sonora de Basquiat

Há 30 anos vivemos num mundo sem Basquiat e há 22 chegava aos cinemas Basquiat – Traços de Uma Vida (1996). Eu cheguei no Cinemascope em 2013 e um dos meus primeiros posts foi sobre as artes plásticas no cinema. Além do filme do diretor Julian Schnabel, esse especial ainda contava com textos de filmes sobre a vida de Picasso, Frida, Modigliani, Renoir e Vermeer. Me reconectei com Basquiat graças a mostra Jean-Michel Basquiat – obras da coleção Mugrabi, exposta no CCBB, em Belo Horizonte. Revirando o baú do Cinemascope e a discoteca de trilhas inesquecíveis, veio à tona...

Ler Mais

As pérolas do Paraíso Perdido

Dê o play na trilha de Paraíso Perdido já de cara pra ler o post curtindo uns sons que vão fazer você sentir como se tivesse uma bolacha das boas girando na vitrola. Talvez ao reconhecer a vibe brego romântica você tenha se lembrado de um certo baile que rolava até há uns anos atrás por bares e casas de shows em todo o país. É, aquele mesmo, o Baile do Baleiro. Não é coincidência não, a direção musical de Paraíso Perdido é do Zeca Baleiro. A trilha percorre todo o filme de Monique Gardenberg fazendo um paralelo com...

Ler Mais