Autor: Livia Fioretti

Sobre

Livia Fioretti

Publicitária paulistana que largou tudo e está tentando escrever o roteiro da sua vida em Barcelona.

T2: Trainspotting

Por Livia Fioretti Escolha a vida. Escolha um emprego. Escolha uma carreira. Escolha uma família. Escolha uma merda de uma televisão grande, escolha máquinas de lavar, carros, CD players e abridores de lata elétricos. Escolha boa saúde, colesterol baixo, e plano dentário. Escolha prestações fixas para pagar. Escolha uma casa para morar. Escolha seus amigos. Escolha roupas de lazer e uma bagagem que combine. Escolha um terno feito do melhor tecido. Escolha se masturbar e pensar quem diabos você é em uma manhã de domingo. Escolha sentar no sofá assistindo programas que nada te acrescentam, game shows, estufar-se comendo...

Ler Mais

O Bebê de Bridget Jones

Eu nunca fui muito de comédias românticas – não sei, os estereótipos de relacionamentos perfeitos sempre me incomodaram um pouco (o príncipe encantado invadindo coletivas de imprensa ou organizando um flash mob para a amada, coisas do tipo). Todos, menos Bridget Jones (Renée Zellweger). A personagem britânica reflete um pouco de cada uma de nós – uma mulher desastrada, que trava batalhas internas diariamente, tem problemas com o chefe e de quebra consome quantidades elevadas de nicotina, álcool e carboidratos (o que, vamos combinar, quebra as regras hollywoodianas de como uma “boa mulher” deve se portar). Ela é uma...

Ler Mais

Ave, Cesar!

Por Lívia Fioretti Sabe aquele filme que deveria ter pelo menos mais uma hora de duração? É o caso de Ave, Cesar! (Hail, Cesar!), novo longa dos irmãos Coen. O filme inicia com uma confissão – daquelas de igreja mesmo – onde Eddie Mannix (Josh Brolin) se mostra profundamente arrependido por mentir à sua mulher sobre parar de fumar. A cena é cortada para o personagem sentado em seu carro em plena madrugada chuvosa, como um policial vigilante à espera de ação. De repente o espectador se depara com clarões e estrondos saindo pela janela de uma pacata casa...

Ler Mais

Precisamos falar sobre diversidade em Hollywood

Por Lìvia Fioretti Se você tem Facebook, Twitter e/ou vive na Terra deve ter visto que houve uma revolução quanto a cerimônia do Oscar esse ano. Isso aconteceu por que apenas atores brancos foram indicados nas mais importantes categorias, pela segunda vez consecutiva. Como resposta, nasceu a hashtag #OscarSoWhite que trouxe à tona a discussão sobre a diversidade da indústria cinematográfica Hollywoodiana. Antes de continuar, é importante explicar uma coisinha: nesse contexto, “brancos” não se refere a pessoas de raça caucasiana como um todo, mas sim “caucasianos de origem anglo saxônica” (americanos/canadenses/ingleses e por aí vai) – ou seja,...

Ler Mais

Spotlight e sua continuação no clube

Por Lívia Fioretti Vencedor do maior prêmio da Academia em 2016, Spotlight: Segredos Revelados levantou a discussão dos casos de pedofilia que ocorreram na cidade de Boston e foram desmascarados pela equipe investigativa do jornal Boston Globe. A questão é: o que acontece com os membros do clero envolvidos em polemicas como estupro, prática de violência, homossexualidade e/ou adoções ilegais? Eles vão parar n’O Clube. O filme do chileno Pablo Larraín narra o cotidiano de uma casa de repouso/prisão onde vivem quatro padres e uma freira – personagens que em algum momento de suas vidas cometeram atos pecaminosos e...

Ler Mais