Author: thais-lourenco

Sobre

Thaís Lourenço

Historiadora e capricorniana. Acredita que o cinema é uma cápsula do tempo-espaço através da qual exercitamos a imaginação e empatia. Ama os efeitos de Méliès, as cores de Almodóvar (e Wes), as viagens de Miyazaki e as brisas surrealistas.

Tudo e todas as coisas

Por Thaís Lourenço Tudo e todas as coisas é um filme dirigido por Stella Meghie, baseado no livro best-seller homônimo da escritora Nicola Yoon e estreia dia 15 de junho no Brasil. O longa conta a história de Maddy, uma garota de 18 anos que convive com uma doença rara chamada IDCG (Imunodeficiência Combinada Grave) que a faz ter uma espécie de “alergia ao mundo”, e, por esse motivo, é obrigada a viver em uma casa hermeticamente fechada. Dentro da sua casa, com muitas paredes e janelas de vidro, está tudo o que já conheceu. O contato humano só existe...

Ler Mais

Festival Varilux de Cinema Francês deste ano discute o circuito e as novas plataformas tecnológicas

Texto e Fotos por Thaís Lourenço Começou no último dia 7 e vai até dia 21 de junho o Festival Varilux de Cinema Francês, que conta nesta edição com 19 produções na programação regular – incluindo comédias, um documentário e um clássico (Duas Garotas Românticas) – a serem exibidas em 110 cinemas, com um alcance de 55 municípios do Brasil. No ano passado o Festival contou com duas semanas de programação e reuniu 160.000 pessoas em mais de 50 cidades do Brasil. A cada edição o festival se propõe a ser a melhor amostra da qualidade da produção cinematográfica...

Ler Mais

10 Filmes para ver e aproveitar o Dia do(a) Escritor(a)

Por Thais Lourenço O dia 25 de julho foi instituído em 1960, durante o I Festival do Escritor Brasileiro, como o Dia Nacional do Escritor, e para celebrar esta data resolvemos criar uma lista de filmes que, acreditamos, devem estar no seu rol de filmes essenciais sobre escritores e escritoras. Ser escritor é brincar com as palavras e despertar sonhos (ou pesadelos) em seus leitores, é usar a linguagem como encantamento e feitiço, provocando as mais diversas sensações em quem está lendo. Não à toa, como irmãos, o cinema empresta essa característica e essa capacidade que tem a literatura,...

Ler Mais