Home / Colunas / Rosebud (page 4)

Rosebud

À meia-noite levarei sua alma

Cinemascope - A meia-noite levarei sua alama

Por Rafael Ferreira Seria a vida apenas um prelúdio para a morte? Seria a morte o fim de nossa existência? Seria a existência a razão de nossa vida? José Mojica Marins levanta estas e outras questões no seu quinto filme, ...

Leia mais »

Viagem à Lua

Cinemascope - Viagem a lua

Por Livia Fioretti   Viagem à Lua (Le Voyage Dans La Lune; 1902) é o trabalho mais famoso do pioneiro cinematográfico George Méliès. Inspirado em sua posição como grande mágico, no final do século XIX, Méliès provou sua veia inovadora ...

Leia mais »

Grand Prix

Cinemascope - Grand Prix

Por Breno Bringel Um projeto que tinha tudo para ser um fracasso. Um épico sobre Fórmula 1. Um filme inovador. O grande filme da carreira de John Frankenheimer. Esse é Grand Prix, filme de 1966, que abalou as estruturas de ...

Leia mais »

Acossado

Acossado

Frederico Cabala   Fotos de Acossado (1960) ainda na época das filmagens já traduziam o espírito do filme. Numa delas, o câmera Raoul Coutard improvisa um travelling com ajuda de um carrinho de mercado pelas ruas de Paris. Está junto ...

Leia mais »

Hiroshima, Meu Amor

Hiroshima

Por Magno Martins “Eu vi tudo em Hiroshima. Não, você não viu nada em Hiroshima.” Hiroshima, Meu Amor (Hiroshima, Mon Amour;1959) certamente é um dos maiores clássicos do cinema e um dos primeiros do movimento Nouvelle Vague.  Primeiro Após seu ...

Leia mais »

Beijos proibidos

Beijos proibidos

Por Jenilson Rodrigues Jean Pierre Leáud retorna em Beijos Proibidos (1968) para uma de suas melhores performances como Antoine Doinel – personagem criado por François Truffaut e que interpretou em mais quatro filmes – arrebatando novos admiradores desse trabalho e ...

Leia mais »

Os Incompreendidos

Os incompreendidos

Por Lívia Fioretti François Truffaut, nome já conhecido no mercado cinematográfico por suas críticas, dirigiu seu primeiro filme em 1959. Os Incompreendidos possui como nome original, Les quatre cents coups, que significa a expressão popular “pintar o sete”,  em francês. ...

Leia mais »

O Demônio das onze horas

O demônio das onze horas

Por Heleni Flessas   Falar de Godard não é tarefa fácil. Muitos acham suas obras lentas, monótonas, sem sentido; outros se apaixonam com sua loucura logo de início. Talvez para “entender” melhor seu trabalho seja necessário compreender a Nouvelle Vague. ...

Leia mais »

Branca de Neve e os Sete Anões

Branca de Neve - Bruxa (2)

Por Rafael Ferreira Era uma vez um jovem jornaleiro de 16 anos de idade na Cidade de Kansas. Em fevereiro de 1917, ele compareceu a uma sessão de um filme no Centro de Convenções. Esta não era uma sessão comum, ...

Leia mais »

Noites de Cabíria

Cinemascope - Noites de Cabíria

Por Domitila Gonzalez Grandes roteiros são atemporais. E Noites de Cabíria assim o é. Não porque venceu o Oscar de melhor filme estrangeiro em 1958, nem porque Giulietta Masina é considerada o Chaplin de saia do cinema clássico, mas porque ...

Leia mais »

Disque M pra Matar

post1

Por Calebe Lopes/Pipoca Mecânica (Participação especial Cinema clássico)Filmes com crimes “perfeitos” são costume de Hollywood há muito tempo. Mas será que existe mesmo um plano perfeito? Para Tony Wendice (Ray Milland), sim. E ele passou muito tempo planejando seu crime ...

Leia mais »

Laranja Mecânica

post1

Por Heleni Flessas Violento, satírico e assustador – estas são apenas algumas palavras quase sempre utilizadas para descrever Laranja Mecânica, um dos maiores filmes de Stanley Kubrick. Para a alegria de muitos apreciadores, a obra ganhou uma cópia remasterizada digitalmente ...

Leia mais »