Home / Colunas / #5+1 / Publicitários no Cinema
Cinemascope---Publicitários-no-Cinema

Publicitários no Cinema

Por Magno Martins

Dia 01° de fevereiro comemora-se o Dia do Publicitário. Trabalhar com a persuasão é sempre um desafio e um excelente publicitário costuma tirar isso de letra. Dificuldades e obstáculos todas as carreiras tem, mas a carreira na área de Comunicação é delicada: exige muito mais cuidado.

E, claro, o mundo cinematográfico já  abordou, com diferentes histórias e visões, a vida e carreira dos publicitários. Na lista abaixo, você terá algumas produções bem diferentes uma das outras mas com o mesmo intuito: oferecer uma visão do que realmente é um publicitário.

Obrigado por Fumar (Thank you for Smoking)

Cinemascope - Obrigado por Fumar

Dirigido por Jason Reitman (Refém da Paixão) a comédia conta a história de Nick Naylor (Aaron Eckhart) principal porta-voz das grandes empresas de cigarros que ganha a vida defendendo os direitos dos fumantes nos EUA. Porém, Nick começa a ser desafiado pelos vigilantes da saúde e por um senador oportunista, Ortolan K. Finistirre (William H. Macy), que deseja colocar rótulos de veneno nos maços de cigarros. Com isso, Nick inicia uma jornada para defender o cigarro e, consequentemente, seu emprego. Para isso, ele conta com a ajuda do agente de filmes Jeff Megall (Rob Lowe), para promover o cigarro nos filmes Hollywoodianos.

Obrigado por Fumar retrata a vida do personagem principal em situações bem desafiadoras diante das adversidades da realidade. É uma excelente história que envolve criatividades e pro-atividade, mostrando ao publicitário que ele precisa buscar outros meios para transpor obstáculos que surgem no dia a dia.

No

Cinemascope - No

Dirigido por Pablo Larraín (Gloria), o filme conta a história René Saavedra (Gael García Bernal), que foi contratado pelo governo chileno para criar uma campanha contra a manutenção do ditador Augusto Pinochet no poder do Chile em 1988. Com escassos recursos e observação dos agentes do governo, René cria uma campanha consistente que ajuda o país a se ver livre da opressão governamental. Clique aqui para ler nossa crítica do filme.

No é uma produção que retrata claramente o poder e a influência de uma boa campanha para formação de opinião pública, mostrando que a Publicidade exerce uma grande influência na política de qualquer nação. Pontos fortes como a criatividade e o trabalho sob pressão são abordados na história, mostrando que o publicitário deve ter sangue frio para conseguir resultados positivos em seu trabalho.

Lemonade

Cinemascope - Lemonade

Dirigido por Erik Proulx (365 Days: A Year in Happy), o documentário aborda a vida de publicitários americanos que foram demitidos durante a crise financeira de 2008/2009. Com aproximadamente 30 minutos, o filme conta o destino desses desempregados que buscaram formas alternativas de sobreviverem. Vai muito além de ser uma produção dramática: é um filme sobre esperança e superação, onde é possível viver do que gosta, com qualidade de vida.

Lemonade aborda, e muito, o outro lado da moeda daqueles que trabalham na área de publicidade: demissões, horas extras de trabalho, prazos que parecem inconcebíveis e diversos pontos que, na realidade, deveriam ser menos complicados.

Muito Loucos (Crazy People)

Cinemascope - Muito Loucos

Dirigido por Tony Bill (Flyboys), a comédia conta a história de Emory Leeson (Dudley Moore), um publicitário que passa por um momento difícil de sua vida, quando sua esposa o abandona. Com isso. ele passa a ter crise de honestidade e cria uma campanha publicitária que tem como base dizer só a verdade sobre cada produto. Obviamente seu chefe Charles Drucker (J.T. Walsh), recusa tal ideia e o obriga a se internar para ter tratamento psiquiátrico. Porém, o material de sua campanha é impresso e se torna um enorme sucesso. A partir daí, Emory começa a viver entre a realidade de sua profissão em sua vida em um hospício.

Muito Loucos é um excelente filme que retrata a veracidade das informações impostas pela publicidade, com grandes lições a serem tiradas tanto sobre o personagem quanto sobre as situações que ele é inserido no contexto de sua história.

Do Que as Mulheres Gostam (What Women Want)

Cinemascope - Do que as Mulheres Gostam

Dirigido por Nancy Meyers (Simplesmente Complicado) o filme conta a história de Nick Marshall (Mel Gibson), um executivo machista que passa a ter o dom de ler os pensamentos das mulheres. Inicialmente ele usa esse poder para agradar Darcy Maguire (Helen Hunt), sua chefe. Porém, ele começa a conhecer melhor a intimidade das mulheres e começa a mudar seu estilo de vida.

Do Que as Mulheres Gostam aborda brilhantemente o ponto de vista da empatia que todo publicitário de sucesso precisa ter com o seu público alvo. É sempre muito complicado ouvir e tentar compreender o desejo e a necessidade das pessoas, mas sempre que é preciso, o profissional deve se colocar no lugar de seu público para ver se sua campanha agradaria ou não.

Filme além dos clichês…

1,99 – Um Supermercado Que Vende Palavras

Cinemascope - 1,99 Um Supermercado Que Vende Palavras

Dirigido por Marcelo Masagão, o filme é totalmente abordado dentro de um supermercado que vende palavras. Os personagens principais são: desejo, angústia e compulsão que o ser humano exercita no ato da compra. No decorrer do filme, diversas histórias acontecem neste supermercado branco e nenhum personagem consegue de lá sair.

1,99 – Um Supermercado Que Vende Palavras é um filme que critica o trabalho de publicitários, mas é, ao mesmo tempo, um filme que leva a reflexão de ambos os lados: a mídia e o consumidor. É um filme que oferece diversas visões de situações que qualquer profissional de comunicação possa passar e cria, assim, formas de defender seus produtos e sua profissão. O filme em si aborda, de forma inteligente o consumismo, com dinâmica entre cenários e histórias relatadas.

Sobre Magno

Mineiro, Planner Digital e colaborador do Cinemascope para levar o melhor conteúdo para você!
Comentários