Home / Colunas / Oompa-Loompa / Home Sweet Home
Home-Sweet-Home-Supinfocom-Thumb

Home Sweet Home

Por Sttela Vasco

Imagine uma road trip feita por… Uma casa! É essa a premissa do curta Home Sweet Home, feito por Pierre Clenet, Alejandro Diaz, Romain Mazevet e Stéphane Paccolat em 2013 como trabalho de conclusão de curso para a universidade de Design Supinfocom Arles. Tudo começa quando uma casa à venda decide deixar o subúrbio onde mora e partir em uma aventura para conhecer outros lugares. No trajeto, ela conhece uma casa mais velha que decide se unir à aventura, assim como uma ”casa cachorro” que passa a segui-las.

O curta, que demorou um ano para ser feito, brinca com o seu nome a ter uma casa como protagonista. Tendemos a colocar a plaquinha de ”Lar Doce Lar” na construção em que moramos, porém, será que é ela o verdadeiro lar? A casa do filme só consegue encontrar amor e um sentimento de pertencimentos após deixar o local onde ficava. Nossa casinha descobre a sua ”home sweet home” não em outro lugar, mas em alguém. Seleção de vários festivais, como Cannes,  o curta se trata de nada mais do que amor. E também sobre como ele vai estar onde nós estivermos e não em um local fixo.

Confira:

Sobre Sttela

Sttela, 22 anos e jornalista. Comecei a gostar de cinema ainda criança, quando ia com o meu avô nas sessões à tarde. Fã de romances com velhinhos, filmes sobre gastronomia e Charles Chaplin.
Comentários