Home / Críticas / Terremoto – A Falha de San Andreas
Terremoto - A Falha de San Andreas
Terremoto - A Falha de San Andreas

Terremoto – A Falha de San Andreas

Por Ana Carolina Diederichsen

Não é segredo que a ensolarada Califórnia localiza-se sobre uma importante falha geológica e que, vira e mexe, os EUA são atingidos por terremotos. Também não é segredo que existe algum tipo masoquista de prazer por parte dos americanos em ver nas telonas sua terrinha destruída, só para ter a chance de reconstruir tudo e reforçar seu patriotismo.

Sabendo disso, não é surpresa que o mais recente filme catástrofe de Hollywood  parta dessa premissa. O excesso de clichês também não espanta (note: clichê não é necessariamente ruim) e nesse longa, a surpresa é positiva. Talvez pelo carisma de Dwayne “The Rock” Jonhson, talvez pelo uso eficiente do CGI ou pela simples liberação de adrenalina que a ação toda provoca (sem sair do conforto da poltrona e sabendo que ninguém se feriu).

Seguindo o padrão de filmes de ação (inspirados pela saga “James Bond”), o longa já começa com uma sequência eletrizante envolvendo o helicóptero de salvamento da equipe de resgate dos bombeiros comandado por Ray (Dwayne Johnson). Apesar de não acrescentar muito à trama, serve para mostrar incontestavelmente como Ray é ‘ultra master blaster’ sensacional. O que confere um pouco de credibilidade, ao contrário dos outros filmes do gênero, é que o personagem é um bombeiro militar especialista em salvamentos em situações difíceis, tendo atuado em diversas guerras e provado naquelas ocasiões seu valor e perícia em situações como as que o longa apresenta. Além de tudo, ainda é o típico valentão com o coração derretido, capaz de fazer tudo pela família (isso inclui a ex esposa, com o casamento marcado com um poderoso da construção civil).

O segundo núcleo é comandando por Lawrence (Paul Giamatti; O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro), o maior especialista em terremotos do mundo. Em uma entrevista, o sismólogo conta como desenvolveu um método inovador capaz de prever terremotos. Eis que enquanto explica, recebe dados alarmantes de seu sistema. Aproveitando a equipe de TV no local, Lawrence anuncia em rede nacional que a Califórnia será fortemente chacoalhada pela velha conhecida falha de San Andreas, ocasionando os maiores terremotos e tsunamis que já existiram na face da terra…Mais clichê impossível, né? Não se em cena está um ator do calibre de Giamatti, que enriquece o filme com sua incrível capacidade de transformar um personagem raso e até mesmo entediante,  em um cientista cativante e interessante.

Já o outro núcleo, seguindo o paradigma dos clichês, é composto pela bela filha de Ray, Blake (Alexandra Daddario) que está exatamente onde a terra treme com mais fervor. No ímpeto de resgatar a filha, o valentão ruma a San Franciso, não sem antes salvar Emma (Carla Gugino), sua ex-mulher. Essa situação inusitada abre espaço para que, ainda que por pouco tempo (afinal a terra está literalmente se partindo ao meio),  Dwayne explore seu lado mais dramático.

Enquanto aguarda o resgate do pai herói, a jovem mostra que tem o mesmo instinto e habilidades do progenitor e usa seus conhecimentos para manter-se viva em meio ao caos, ajudando ainda dois desconhecidos. É claro que o contato próximo numa situação extrema cria o terreno perfeito para um breve romance. Curiosamente, as situações se colocam de tal maneira, que a bela vai perdendo peças de roupa ao longo do filme, evidenciando suas curvas…

Terremoto é o tipo de filme que, de tão previsível, desde a primeira cena já deixa claro como vai terminar. Mas as situações exageradas e uso extensivo de bons efeitos especiais, além de atores carismáticos, garantem a diversão ininterrupta durante suas quase duas horas de duração. Se você é fã do gênero, não pode perder. E se gosta de aventuras, um filme sobre terremotos é exatamente a desculpa que faltava para ir a um cinema 4D, onde as cadeiras que se movimentam, o vento, fumaça e água reais são uma diversão à parte.

Cinemascope - Terremoto A Falha de San Andreas posterTerremoto – A Falha de San Andreas (San Andreas)

Ano: 2015

Diretor: Brad Peyton

Roteiro: Carlton Cuse, Andre Fabrizio, Jeremy Passmore

Elenco Principal: Dwayne Jonhson, Paul Giamatti, Alexandra Daddario, Carla Gugino, Ioan Gruffudd

Gênero: Aventura, Ação, Thriller

Nacionalidade: EUA, Austrália

 

 

 

Veja o trailer:

 

Galeria de Fotos:

Por Ana Carolina Diederichsen Não é segredo que a ensolarada Califórnia localiza-se sobre uma importante falha geológica e que, vira e mexe, os EUA são atingidos por terremotos. Também não é segredo que existe algum tipo masoquista de prazer por parte dos americanos em ver nas telonas sua terrinha destruída, só para ter a chance de reconstruir tudo e reforçar seu patriotismo. Sabendo disso, não é surpresa que o mais recente filme catástrofe de Hollywood  parta dessa premissa. O excesso de clichês também não espanta (note: clichê não é necessariamente ruim) e nesse longa, a surpresa é positiva. Talvez pelo carisma de Dwayne "The Rock" Jonhson,…

Avaliação geral

Avaliação Geral

3,5

Sobre Ana Carolina

Radialista, apertadora de botões convicta, mas com algumas ideias na caixola. Trabalha em televisão, mas não se deixou corromper pelo lado negro da força. Gosta de Cinema, arte, bichos, pijamas e unicórnios. Adora boas historias e tem fixação pela imagem. Intensa e dramática. Dizem que é nerd, mas não perde um blockbuster por nada.
Comentários