Home / Críticas / Zarafa
Cinemascope-Zarafa

Zarafa

Por Ana Lucinski

Zarafa é uma animação que fico muito contente de poder comentar mais profundamente (para quem não se lembra, falei um pouquinho sobre ela na cobertura da 10ª FICI). Trata-se de uma animação produzida por França e Bélgica e dirigida por Rémi Bezançon (Um Evento Feliz) e Jean-Christophe Lie (As bicicletas de Belleville).

Zarafa foge de todos os clichês do mundo das animações atuais: nada de piadinhas bem sacadas, nada de 3D e nada de historinhas fofinhas. É uma animação com uma história profunda, cheia de aventura, com um traço cheio de personalidade (completamente diferente do estilo Disney) com cores fortes e com uma delicadeza muito única.

Inspirada na obra de Julio Verne, a animação conta a história de Maki, um jovem capturado como escravo que foge e faz amizade com uma girafa. Esta é morta deixando um filhote ao qual Maki se apega. O filhote, então, é capturado por um egípcio, e Maki decide seguir junto com a pequena girafinha.

A história simples e delicada também possui uma critica honesta à colonização européia da África. Com metáforas sutis ao longo da trama, a animação relembra um pouco da própria história africana, relatando os saques de riquezas que de lá foram levadas para a Europa por diversos motivos. E indo além, em seu contexto mais profundo, Zarafa fala de comprometimento, de perdas e de sonhos.

Político e atual, o filme expõe os preconceitos dos europeus e declara que, para solucionar isso era preciso uma tolerância entre os povos, respeito pelas diferentes etnias e religiões. E essa é uma mensagem linda para um filme infantil!

Por fim, o filme me conquistou por completo. Me apaixonei pelo traço artístico e mais orgânico, pelas cores e contrastes, pelos cenários deslumbrantes e pela profundidade e delicadeza da história. É uma animação que te faz pensar por algum tempo e que deixa sua mensagem no público.

Cinemascope- Zarafa - PosterZarafa

Ano: 2011.

Diretor: Remi Bezançon e Jean-Christophe.

Roteiro: Alexander Abela, Rémi Bezançon.

Vozes: Max Renaudin, Roger Dumas e Déborah François.

Gênero: Animação.

Nacionalidade: França/Bélgica.

 

 

 

Assista o Trailer:

Galeria de Fotos:

Por Ana Lucinski Zarafa é uma animação que fico muito contente de poder comentar mais profundamente (para quem não se lembra, falei um pouquinho sobre ela na cobertura da 10ª FICI). Trata-se de uma animação produzida por França e Bélgica e dirigida por Rémi Bezançon (Um Evento Feliz) e Jean-Christophe Lie (As bicicletas de Belleville). Zarafa foge de todos os clichês do mundo das animações atuais: nada de piadinhas bem sacadas, nada de 3D e nada de historinhas fofinhas. É uma animação com uma história profunda, cheia de aventura, com um traço cheio de personalidade (completamente diferente do estilo Disney) com…

Avaliação geral

Avaliação geral

5

Sobre Ana Paula

Designer paulistana, nerd, aficionada por filmes de ficção, ação e aventura, apaixonada pela tríade Tim Burton, Johnny Deep e Helena Bonham Carter e pela saga Star Wars, viciada em café, ursinhos de gelatina e temaki.
Comentários