Author: marilia-bacci

Sobre

Marília Bacci

Brasileira, com uma pitada de curry indiano. Fotógrafa; cinéfila, com preferências; feminista; amante de comida, e de Shahid Kapoor.

Amor por Metro Quadrado: a primeira (e promissora) aposta da Netflix

Amor por Metro Quadrado (2018) é o filme indiano que venho comentar hoje. Mas ele não é qualquer filme indiano, ele é uma produção original Netflix e esse nicho era o que faltava para ela dominar o planeta. O cinema indiano é a maior indústria cinematográfica do mundo. Pode não ser a mais famosa ou a mais cara, mas que é muito maior que Hollywood em números de filmes, isso é. A Índia lança por volta de 1000 filmes anualmente, contando todas as indústrias. A Netflix é a maior plataforma de streaming de vídeo atualmente. Ela já está se...

Ler Mais

O empoderamento feminino por acaso: Dangal

Na data que comemoramos o Dia Internacional da Mulher trago para você o filme indiano Dangal, de 2016. Ele conta a história de Mahavir Singh Phogat e suas duas filhas mais velhas, que ganharam medalhas na luta livre olímpica. Mahavir é um ex-lutador que teve que desistir de seu sonho de ganhar uma medalha de ouro pelo seu país, pois ser atleta não dava dinheiro o suficiente para se manter. Alguns anos depois, ele e sua mulher tiveram a primeira gravidez. Singh prometeu que seu filho ganharia a medalha que ele não pode ganhar. Mas nasceu uma menina. Na...

Ler Mais

Atriz Sridevi, ícone do cinema indiano, falece aos 54 anos

Uma das maiores atrizes indianas acabou de sofrer uma parada cardíaca fulminante, em Dubai. Sridevi começou sua carreira muito nova, e atuou em filmes de várias indústrias como a Telugu, Tamil, Kannada e Hindi. Entre 1967 e 1997 fez muitos filmes, mas deu uma pausa na carreira do cinema para cuidar de suas filhas. Em 2012, Sridevi retornou às telonas com o filme English Vinglish, que já comentei por aqui, e depois lançou outro filme apenas em 2017, chamado Mom. A atriz deixa marido e duas filhas, assim como uma nação inteira de fãs pelo mundo, inclusive esta que vos...

Ler Mais

Queen: a descoberta da nossa mulher empoderada

No meu último texto falei um pouco sobre feminismo em Bollywood e continuarei no assunto, mas o filme de hoje é uma grande vitória para a causa. O filme Queen estreou em 2014, e foi só sucesso: de crítica, de público e de bilheteria, custando apenas três milhões de dólares, e arrecadando 20 milhões. Conta a história de Rani (que significa rainha, assim como o título), interpretada por Kangana Ranaut, que foi abandonada pelo noivo Vijay (Rajkummar Rao) dois dias antes do casamento. Por vir de uma família tradicional do Punjab, Rani ficou arrasada por não casar e “não...

Ler Mais

O filme Pink e a mulher na sociedade indiana

Por Marília Bacci Olá, Cinemascopers! Volto mais uma vez com uma crítica de filme de bollywood. Dessa vez, o filme Pink (2016), que estreou aclamado pela crítica e público na Índia, por ser um filme feminista. Ele conta a história de Minal (Taapsee Pannu), que está sendo processada por um rapaz que ela agrediu. Mas como sabemos que nem sempre as mulheres agridem homens assim, na nossa sociedade, logo descobrimos que ela sofreu abusos deste rapaz e a agressão foi em legítima defesa. Após várias cenas de abusos psicológicos a Minal e suas amigas por parte dos agressores, elas...

Ler Mais