Home / Críticas / Madagascar 3: Os Procurados
post

Madagascar 3: Os Procurados

Por Ana Lucinski

Depois de 3 anos de produção, o terceiro episódio da franquia bilionária de Madagascar estreia nos cinemas. Ok. Então vamos relembrar um pouco do que se trata. A história começou em 2005, quando Alex (dublado por Alexandre Moreno no Brasil e Ben Stiller na versão americana), Marty (Felipe Grinnan e Chris Rock), Gloria (Heloisa Périssé e Jada Pinkett Smith) e Melman (Ricardo Juarez e David Schwimmer) fogem do zoológico de Nova Iorque e acabam na ilha de Madagascar. Em 2008, tentando sair de Madagascar, eles caíram no meio da África, onde Alex reencontrou os pais e ele e seus amigos se envolveram em outra grande aventura. Agora nossos heróis se aventuram mais uma vez tentando voltar para casa.

No fim de Madagascar 2, o Air Penguin (avião remanufaturado pelos pinguins no primeiro episódio da saga)  é colocado de volta no ar, levando os chimpanzés e os pinguins para o cassino de Monte Carlo enquanto os quatro protagonistas curtem mais um tempinho na África.  Ao estilo Missão Impossível, os quatro animais, cansados de esperar o retorno dos pinguins, iniciam uma operação para pega-los e voltarem para Nova Iorque. A operação é simples: entrar no cassino, pegar os pinguins e ir pra casa. Claro que um leão, uma zebra, um hipopótamo e uma girafa não vão chamar a menor atenção em ruas européias. Super fácil.

Como era de se esperar, a missão foi um sucesso, um sucesso tão grande que eles acabaram se tornando fugitivos de uma enlouquecida agente de controle de animais, entorpecida pela ideia de caçar seu primeiro leão. Para escapar e tentar voltar para casa com suas cabeças nos pescoços, Alex, Marty, Gloria e Melman entram num circo.  O circo está indo rumo a Nova Iorque, mas para que isso aconteça, o circo tem que ser um sucesso. Após uma desastrosa apresentação em Roma, Alex se convence que a trupe do circo precisa se renovar, caso ele queria ter alguma chance de voltar pra casa.

Como nos outros dois episódios, a comédia e o tema de amizade sem fronteiras cativam o público. O diferencial sempre está na história, não basta juntar um monte de piadas e um pouco de ação pra que uma animação como essa tenha sucesso. O público gosta de se emocionar e precisa de motivos para se conectar aos personagens, deixando-se levar pela história. Os personagens estão sempre se metendo em confusões, depois sempre saem delas com muita criatividade, fazendo amizades e até descobrindo novos talentos. Isso cria um vínculo com o público e a humanização dos animais facilita essa conexão.

Com ação, aventura, romance e muito humor, uma viagem pela Europa e a caracterização da vida de animais de circo, a história está ainda melhor que os outros dois episódios. Não tem como não gostar!

Ainda sim, por mais que a indicação do filme diga que este é direcionado a crianças, não consigo deixar de salientar que o longa possui piadas que nem todas as crianças vão pegar de primeira (ou de segunda). Claro que o filme é feito para todas as idades, mas sempre colocam algum detalhe para que os adultos gostem também. Porém, é necessário um certo cuidado para que esses detalhes  não virem a animação toda. Enfim, a história é cativante, as piadas são ótimas e os personagens o grande diferencial da animação.

Um longa dessa magnitude requer um número incrível de profissionais pra ser produzido. Madagascar 3 contou com cerca de 600 profissionais e para se ter uma noção básica: cada segundo do longa pode demorar até três dias para ser finalizado. Para fazer a metralhadora de bananas por exemplo, a equipe construiu um protótipo para saber como as frutas ficariam após o impacto.
A parte técnica da animação está ótima, particularmente, achei os efeitos excelentes e bem realistas. A Dreamworks caprichou de verdade. Mas não posso dizer nada sobre a experiência de ver Madagascar 3 em 3D, porque eu, sinceramente, detesto aqueles óculos e as últimas produções nas quais me aventurei pelas salas de 3D me decepcionaram muito.

Ainda gosto mais das clássicas animações em 2D, mas Madagascar está no rol das minhas animações em 3D favoritas. Sério! Como alguém pode não se identificar com uma girafa hipocondríaca?!?!

Eu me remexo muito, eu me remexo muito, eu me remexo… MUITO!

 

Cinemascope - Madagascar 3 - PosterMadagascar 3: Os procurados (Madagascar 3: Europe Most Wanted)

Ano: 2012

Diretor: Eric Darnell.

Roteiro: Eric Darnell e Noah Baumbach.

Vozes: Ben Stiller, David Schwimmer, Frances McDormand.

Gênero: Animação.

Nacionalidade: EUA.

 

 

 

 

Veja o trailer:

[youtube]VP3k_oX3byo[/youtube]

Galeria de Fotos:

Por Ana Lucinski Depois de 3 anos de produção, o terceiro episódio da franquia bilionária de Madagascar estreia nos cinemas. Ok. Então vamos relembrar um pouco do que se trata. A história começou em 2005, quando Alex (dublado por Alexandre Moreno no Brasil e Ben Stiller na versão americana), Marty (Felipe Grinnan e Chris Rock), Gloria (Heloisa Périssé e Jada Pinkett Smith) e Melman (Ricardo Juarez e David Schwimmer) fogem do zoológico de Nova Iorque e acabam na ilha de Madagascar. Em 2008, tentando sair de Madagascar, eles caíram no meio da África, onde Alex reencontrou os pais e ele…

Avaliação geral

Avaliação geral

5

Sobre Ana Paula

Designer paulistana, nerd, aficionada por filmes de ficção, ação e aventura, apaixonada pela tríade Tim Burton, Johnny Deep e Helena Bonham Carter e pela saga Star Wars, viciada em café, ursinhos de gelatina e temaki.
Comentários