Home / Críticas / Bravura Indômita
TRUE GRIT

Bravura Indômita

Por Domitila Gonzalez

Mattie Ross (Hailee Steinfeld) é uma garota de 14 anos que busca  vingança, após ter perdido seu pai, assassinado por duas moedas de ouro pelo bandido Tom Chaney (Josh Brolin). Para conseguir o que quer, ela vai à procura de Rooster Cogburn (Jeff Bridges), uma espécie de justiceiro/caça-recompensas, que depois de muito ouvir a menina insistindo, concorda em ajudá-la. Junto com eles vai o bonitão LaBouf (Matt Damon), ranger do Texas, que faz questão de ressaltar quantas vezes já esteve cara a cara com Chaney e quase o capturou. Numa cavalgada emocionante pelos Estados Unidos de 1870, os irmãos Coen seguem a fórmula do tradicional velho oeste, trazendo caras novas e, claro, sua assinatura pessoal.

Ah, o velho oeste… Cavalos, esporas, armas, chapéus, figurinos lindos, saloon, o vilão, o mocinho, o amor, grandes planos… E a tecnologia do século XXI. O resultado? Cenas belíssimas, com uma fotografia na medida certa.

Jeff Bridges retorna brilhante, após o sucesso que lhe rendeu o Oscar 2010 de melhor ator, Coração Louco (de Scott Cooper), e traz outra face de Cogburn, diferente da primeira versão do filme, que fez John Wayne levar o Oscar de melhor ator, no ano de 1969. Matt Damon faz quase uma participação especial no longa. Aparece vez ou outra pra dar um charme na cena, fazer uma competição de tiro e salvar os mocinhos. Já Rooster é um personagem caricato, beberrão e autoconfiante, contrastando diretamente com o perfeitinho LaBouf e a determinada Mattie Ross. Mas blablablás à parte, vamos ao que interessa: a atuação de Hailee Steinfeld, o furor que ela causou na Academia e por que eu acho que ela é maravilhosa, mas não é a melhor.

Por mais que o destaque inicial fique com os atores mais velhos e experientes, não há como negar: a personagem Mattie Ross é quem conduz o filme. Toda a narrativa se desenvolve em cima do desejo dela de vingar seu pai. É com ela que Rooster faz um trato, é ela que atravessa o rio a cavalo só para verificar se o trabalho de caça-Chaney será bem feito, é pela atenção dela que LaBouf e Cogburn lutam a maior parte do filme, é ela que Chaney aprisiona, quando se encontram, é ela que é salva pelo caubói e a última cena do filme é dela.

A diferença entre Hailee Seidler, Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine) e Chloe Moretz (Kick-Ass – Quebrando Tudo) é pura e simplesmente o roteiro. Todas elas são muito jovens, tiveram a honra de contracenar com ícones do cinema e carregaram personagens complicados e intensos. Ou você acha que atravessar um rio a cavalo é menos intenso do que fazer cenas de lutas e manejar armas ninjas ou então que engordar para fazer um filme que tem como pano de fundo um concurso de beleza infantil?

Seidler é boa, sim. Mas não tira o mérito de Abigail, que com 10 anos também esteve na disputa do Oscar, por Pequena Miss Sunshine. O que a diferencia do resto é que na pele de Mattie Ross ela leva o filme inteiro praticamente sozinha, sendo o foco principal de um drama de velho oeste, e não uma super-heroína de um filme de nerd ou um dos pontos cômicos da aventura de uma família confusa.

Em Bravura Indômita, Mattie consegue sair do plano de fundo e virar uma protagonista. Os personagens mais interessantes do filme são ela e Cogburn. A atenção não se divide para mais ninguém. Em Kick-Ass ou Pequena Miss Sunshine, a atenção divide-se entre diversos personagens com tramas complicadas e personalidades fortes, que não destacam, necessariamente, a personalidade de Hit-Girl ou de Olive Hoover, excepcionais em seus papéis.

O remake dos Coen é virtuoso pelo conjunto. Traz a identidade em forma de urso montado no cavalo, na excentricidade de um caolho bêbado e metido a valentão e na lábia e poder de persuasão de uma menina de 14 anos. Vale a pena o ingresso, a pipoca com manteiga e os 110 minutos de filme, embalados pela trilha sonora de Carter Burwell.

 

Cinemascope -bravura indomita - poster brBravura Indômita (True Grit)

Ano: 2010.

Diretor: Ethan Coen e Joel Coen.

Roteiro: Ethan Coen e Joel Coen.

Elenco Principal: Jeff Bridges, Matt Damon, Josh Brolin.

Gênero: Faroeste.

Nacionalidade: EUA.

 

 

 

Veja o trailer:

[youtube]mhb2TkJAT_w[/youtube]

Galeria de Fotos:

Por Domitila Gonzalez Mattie Ross (Hailee Steinfeld) é uma garota de 14 anos que busca  vingança, após ter perdido seu pai, assassinado por duas moedas de ouro pelo bandido Tom Chaney (Josh Brolin). Para conseguir o que quer, ela vai à procura de Rooster Cogburn (Jeff Bridges), uma espécie de justiceiro/caça-recompensas, que depois de muito ouvir a menina insistindo, concorda em ajudá-la. Junto com eles vai o bonitão LaBouf (Matt Damon), ranger do Texas, que faz questão de ressaltar quantas vezes já esteve cara a cara com Chaney e quase o capturou. Numa cavalgada emocionante pelos Estados Unidos de 1870,…

Avaliação geral

Avaliação geral

4

Sobre Domitila

Domitila Gonzalez é atriz e jornalista e dedica seu tempo livre a seus diretores favoritos. Adora clássicos, é fã incondicional de preto-e-branco, mas não abre mão das cores de Almodóvar.
Comentários