Home / Críticas / Muppets 2: Procurados e Amados
Cinemascope-Muppets 2 Procurados e Amados (2) - Cópia

Muppets 2: Procurados e Amados

Por Felipe Teixeira

O novo filme dos Muppets é uma boa prova de que as sequências hollywoodianas, quando bem planejadas, podem dar muito certo. Se em 2011 o filme Os Muppets apresentava os esquecidos fantoches da década de 1970 lutando por um espaço no cenário do entretenimento contemporâneo, em 2014, os divertidos bonecos voltam para reafirmar esse direito. O resultado é um segundo filme ainda mais divertido e inteligente que seu antecessor.

Após conseguir salvar sua antiga casa de espetáculos e voltarem a serem famosos, Os Muppets precisam fazer o show continuar. É ai que surge Dominic Badguy (Ricky Gervais), um ganancioso empresário que sonha roubar uma preciosa obra de arte enquanto leva os queridos fantoches em uma turnê mundial. Para convencer os Muppets a se juntarem a ele, Dominic se alia ao perigoso Constantine, Criminoso Número Um do Mundo e sósia do sapo Caco.

Um dos pontos mais interessantes deste novo filme dos Muppets, assim como em seu predecessor, é como os simplórios fantoches ainda conseguem sobreviver em uma era cinematográfica marcada por animações gráficas de alto nível e pelo 3D. A chave para tal sobrevivência se encontra nas mãos dos roteiristas James Bobin, que também é o diretor do filme, e Nicholas Stoller. A trama de Muppets 2, apesar de simples, é dinâmica, envolvente, e ainda repleta de referências à cultura pop contemporânea, o que torna o filme ainda mais divertido. São inúmeras citações a outros filmes e programas de TV ao longo da película e somente o espectador mais antenado conseguirá captar o humor de tantas alusões a outras coisas, que vão de Hannibal a piadas sobre a Netflix. Dessa forma, mesmo com personagens com movimentos tão limitados para os dias de hoje, a ágil história do filme é eficiente em trazer os Muppets para a atualidade graças ao eficiente trabalho de seus roteiristas.

A montagem de James Thomas, montador do primeiro longa, também é importante por manter o ritmo acelerado e saber transitar por entre os diversos países pelo qual o filme passa. O bom trabalho de Thomas, junto à direção de Bobin e a divertida trilha de Christophe Beck, são ainda fundamentais para as ótimas sequências musicais do filme, que não soam repetitivas ou numericamente exageradas e ainda apresentam letras inteligentes e engraçadas, repletas de metalinguagem. A própria canção de abertura da produção, com o refrão “we’re doing a sequel”, de cara já expõe ao espectador menos familiarizado com os Muppets o humor irreverente dos fantoches.

E se no primeiro filme um dos protagonistas era o humano Gary (Jason Segel), nesta continuação os Muppets, liderados pelo sapo Caco, são o grande destaque. Apesar das inovações no roteiro, Bobin e Stoller respeitam as conhecidas características e personalidades dos fantoches, como o desejo de Miss Piggy de se casar com Caco, a hilária paixão por solos de bateria de Animal, etc. O elenco humano também ganha ótimo reforços, com Ricky Gervais se destacando como um dos vilões em uma atuação equilibrada, além de Tina Fey, como uma sexy guarda de prisão russa. Ty Burrell interpreta um policial francês da Interpol que é cópia do famoso Inspetor Closeau, mas o imenso talento do ator e o entrosamento de seu personagem com o Muppet Sam Eagle é capaz de gerar risadas. E assim como em seu antecessor, o filme tem inúmeras e divertidíssimas participações especiais, os chamados cameos, que vão de Lady Gaga a Christohp Waltz.

Infelizmente, a bilheteria de Muppets 2: Procurados e Amados não foi muito boa lá fora, o que deve dificultar a produção de um terceiro filme. Mas o trabalho bem feito de Stoller, Bobin, Segel e todo o elenco que passou por estes dois longa-metragens sobre os fantoches foi extremamente competente em apresentar os Muppets para uma nova geração de uma forma inteligente e dinâmica, sem nunca perder a piada.

Obs: não chegue atrasado ao cinema! Um curta-metragem muito legal de Monstros S.A. é exibido antes do filme começar.

Cinemascope-Muppets 2 Procurados e Amados (1)Muppets 2 – Procurados e Amados (Muppets Most Wanted)

Ano: 2014

DiretorJames Bobin

Roteirista: James BobinNicholas Stoller

Elenco Principal: Tina Fey, Ricky Gervais, Ty Burrell, Peter Linz, Steve Whitmire.

Gênero: Infantil/Comédia

Nacionalidade: EUA

 

 

 

 

 

Confira o trailer:

 

Galeria de fotos:

Por Felipe Teixeira O novo filme dos Muppets é uma boa prova de que as sequências hollywoodianas, quando bem planejadas, podem dar muito certo. Se em 2011 o filme Os Muppets apresentava os esquecidos fantoches da década de 1970 lutando por um espaço no cenário do entretenimento contemporâneo, em 2014, os divertidos bonecos voltam para reafirmar esse direito. O resultado é um segundo filme ainda mais divertido e inteligente que seu antecessor. Após conseguir salvar sua antiga casa de espetáculos e voltarem a serem famosos, Os Muppets precisam fazer o show continuar. É ai que surge Dominic Badguy (Ricky Gervais),…

Avaliação geral

Avaliação Geral

5

Sobre Felipe

Jornalista e amante da cultura pop, principalmente quando o assunto é um anel do poder ou uma ilha misteriosa com uma fumaça preta. Curte muito o Cuarón, o Linklater, os Coen, o Fincher e o Scorcese.
Comentários