Autor: Felipe Teixeira

Sobre

Felipe Teixeira

Jornalista e apreciador da cultura pop desde que Peter Jackson inventou de gravar uma trilogia na Nova Zelândia.

O Senhor das Armas

Na época do lançamento de O Senhor das Armas (2005) no circuito brasileiro, o país se preparava para a votação de um histórico referendo sobre a proibição da comercialização de armas e munições em território nacional, em que 63% dos votantes escolheram que não. E se o assunto não voltou a ser tão debatido por aqui desde então até 2019, com o massacre na cidade de Suzano e a intensa apologia às armas feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro,  nos Estados Unidos a pauta nunca deixou de ser recorrente. 526 mortes em 114 atentados causados por armas de fogo foram registradas...

Ler Mais

A Vida Invisível será o representante do Brasil na disputa pelo Oscar 2020

A Academia Brasileira de Cinema (ABC) anunciou na manhã desta terça-feira (27) que o longa-metragem A Vida Invisível será o representante do Brasil na disputa do Oscar de Melhor Filme Internacional no Oscar 2020. Baseado no livro A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha, o filme dirigido por Karim Aïnouz (Praia do Futuro) venceu a amostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes de 2019 e chega forte na briga pela premiação. O anúncio foi realizado durante coletiva de imprensa em São Paulo apresentada pela diretora Anna Muylaert (Que Horas Ela Volta?), que também preside a comissão especial da ABC responsável...

Ler Mais

Os Infiltrados

Mafiosos, policiais corruptos, escutas, encontros em prédios abandonados e muita violência. Não há grandes novidades no enredo de Os Infiltrados, filme de 2006 do aclamado diretor nova-iorquino Martin Scorcese, pelo qual finalmente levou o Oscar de Melhor Direção após bater na trave inúmeras e injustas vezes. A produção é um remake de um filme honconguês de 2002, Conflitos Internos (e até hoje é o único remake da história a levar o Oscar de Melhor Filme).  Mas não é pela ausência de ineditismos em uma produção que ela deve ser considerada menos competente, pelo contrário. Famoso por seus longas-metragens com...

Ler Mais

Da promessa ao vexame: franquia Divergente completa três anos sem final

Há pouco mais de três anos, em 10 de março de 2016,  a franquia de filmes da saga Divergente teve seu (provável) último capítulo lançado nas salas de cinemas do Brasil. Chamado de A Série Divergente: Convergente, o longa-metragem foi o terceiro da saga cinematográfica baseada na trilogia de livros (Divergente, Insurgente e Convergente) da escritora Verônica Roth. Três livros, três filmes, história contada e encerrada, certo? Não. Empolgada com o relativo sucesso comercial do primeiro filme da franquia, lá em 2014, a produtora Summit/Lionsgate anunciou a divisão do último livro em dois longa-metragens, seguindo a fórmula de outras adaptações...

Ler Mais

A polêmica de O Primeiro Homem e a grande esnobada do Oscar 2019

Quando foi exibido pela primeira vez durante a abertura do Festival de Veneza de 2018, O Primeiro Homem recebeu uma calorosa recepção de grande parte da crítica internacional. Dirigido pelo badalado Damien Chazelle (vencedor do Oscar por La La Land), estrelado por Ryan Gosling (La La Land) e Claire Foy (The Crown), o longa-metragem foi avaliado na época como “sóbrio, contemplativo, emocionante e de qualidade técnica impressionante”, e confirmou as expectativas que uma produção com a assinatura de Chazelle já carrega naturalmente. O problema é o que o clímax do filme, sobre a chegada do primeiro homem à lua,...

Ler Mais