Home / Críticas / Os Croods
Cinemascope-os-croods- (6)

Os Croods

Por Marília Bacci

Se tem uma coisa que eu gosto, e acho que todo mundo também, é filme de animação. No auge dos meus 20 e poucos anos eu ainda saio de casa pra ir ao cinema ver esse tipo de filme. Vai me dizer que você não?

Com Os Croods não foi diferente. E eu não me arrependi nadinha de ter ido, o filme é sensacional e hilário, do começo ao fim. O filme começa com Eep (Emma Stone) contando como é a família dela e como vivem os homens da caverna. Essa cena é ilustrada por desenhos na pedra, claro!

Os homens das cavernas vivem sempre com medo do escuro e dos perigos que ele traz. Há várias regras para se viver bem nessa época, e a maior de todas é: o novo é ruim. Grug (Nicholas Cage) é o pai de Eep e leva as regras muito a sério, quando está prestes a escurecer leva todos para a caverna e fecha a entrada, assim tem certeza de que todos irão sobreviver. Os outros parentes de Eep: sua mãe Ugga (Catherine Keener), avó Gran (Cloris Leachman), irmão Thunk (Clark Duke) e irmã Sandy obedecem todas as regras de Grug. A exceção é a adolescente. Ela quer conhecer o novo e odeia ficar presa na caverna.

Todos os dias, quando entram na caverna, os Croods escutam as histórias que Grug conta. Recheadas de moral e baseadas em eventos do cotidiano da família, as histórias sempre terminam em tragédia. Mas só para eles, para nós é pura comédia escutar o patriarca contando e as desenhando na pedra, principalmente a parte em que os personagens morrem!

Uma bela noite Eep escapa da caverna e vai atrás de uma luz que ela vê pelos vãos da caverna. Ela então descobre o fogo, e também um garoto, Guy (Ryan Reynolds), o dono do fogo, e também dono da verdade que é o fim do mundo. Sem saber o que é aquela luz e de onde vem, ela implora a Guy que faça uma pra ela também. É nessa hora que ela percebe que vai passar o resto da vida com ele. Mas aproveitando o fascínio da garota pelo fogo, Guy vai embora, deixando uma concha-corneta para Eep.

Quando volta para a caverna e mostra a todos a concha, eles a quebram pois é uma coisa nova (e qual é mesmo a principal regra?).

Os Croods passam mais alguns dias na caverna e Eep tenta alertá-los sobre o fim do mundo, mas eles não acreditam nela, até o dia em que o chão começa a tremer e a caverna deles é destruída. Atrás da caverna eles descobrem um mundo completamente novo (o novo sempre atrás deles) que eles são obrigados a entrar para fugir de um predador.

Nesse mundo novo ele acabam conhecendo muitos outros predadores, e por medo de todos eles Eep arranja outra corneta e chama Guy, que chega para salvá-los.

Guy é todo moderninho, usa calças, sapatos, celular (ou corneta) e fica surpreso quando encontra homens das cavernas (e mais surpreso quando descobre que eles são a família de Eep). Os Croods também se assustam com Guy, exatamente pelo motivo contrário. Mas todos têm que se juntar para conseguir sobreviver ao fim do mundo (que é na verdade a separação dos continentes).

Juntos eles atravessam muitos problemas, mas superam todos eles para se tornar uma grande família.

Eu adoro como os roteiristas acharam usos para várias coisas modernas como o já citado celular, e até a fotografia, fazendo do filme uma ótima diversão.

Cinemascope-os-croods-poster-brOs Croods (The Croods)

Ano: 2013

Diretor: Kirk DeMicco e Chris Sanders

Roteiro: Kirk DeMicco e Chris Sanders

Elenco Principal: Nicholas Cage, Emma Stone, Ryan Reynolds, Catherine Keener, Clark Duke e Cloris Leachman

Gênero: Animação

Nacionalidade: EUA

 

 

 

Confira o Trailer:

 

Galeria de Fotos:

 

 

Por Marília Bacci Se tem uma coisa que eu gosto, e acho que todo mundo também, é filme de animação. No auge dos meus 20 e poucos anos eu ainda saio de casa pra ir ao cinema ver esse tipo de filme. Vai me dizer que você não? Com Os Croods não foi diferente. E eu não me arrependi nadinha de ter ido, o filme é sensacional e hilário, do começo ao fim. O filme começa com Eep (Emma Stone) contando como é a família dela e como vivem os homens da caverna. Essa cena é ilustrada por desenhos na…

Avaliação geral

Avaliação Geral

5

Sobre Marília

Brasileira, com uma pitada de curry indiano. Fotógrafa; cinéfila, com preferências; feminista; amante de comida, e de Shahid Kapoor e Madhuri Dixit.
Comentários