A primeira vez que assisti ao clipe Chandelier da cantora Sia, fiquei hipnotizado. Uma menina pré adolescente cantando e se contorcendo sozinha em uma casa, correndo pelos corredores com uma interpretação meio freak: fiuei viciado e assisti uma dúzia de vezes por dia. O clipe transmitia uma potência tremenda e uma energia que ia além do canto de Sia. Depois disso, a garota também apareceu em outros clipes da cantora e se tornou uma espécie de mascote ou alter ego da mesma.

Agora, essa potência parece ser transferida para as telonas em Vox Lux. O filme é estrelado por Natalie Portman que interpreta Celeste, uma cantora pop, e narra as reviravoltas de sua vida de cantora, mãe de uma adolescente e com crise por estar envelhecendo. As músicas do longa foram compostas pela cantora Sia, exclusivamente para o filme. No trailer abaixo, vemos pela primeira vez Portman interpretando uma delas.

O filme está com previsão de estréia nos cinemas norte-americanos para dezembro de 2018, mas sem data definida para o Brasil. Boatos já indicam uma possível indicação ao Oscar do próximo ano. Será? Talvez se Portman tiver uma interpretação tão intensa quanto a da garota de Chandelier, tenha mais um premio na sua estante.