Author: felippe-gofferman

Sobre

Felippe Gofferman

Aspirante a Diretor, roteirista e eterno estudante de cinema, é amante da sala escura e tem o Maracanã como uma segunda casa. Tiete de Woody Allen, Kurosawa, Scorsese e Chan-Wook Park, mantém uma eterna dívida com Walter Salles por ter sido apresentado à música de Jorge Drexler através de “Diários de Motocicleta” (2004).

A Banda

Por Felippe Gofferman No dia 19 de abril o cinema israelense perdeu um de seus rostos mais significativos da atualidade. Ronit Elkabetz, 51, começou a carreira de forma tardia, atuando em seu primeiro longa aos 26 anos, mas logo se tornando peça de destaque no cinema de seu país. A atriz, roteirista e diretora, se destacou por sua presença em cena e por interpretar mulheres fortes, mesmo sobre temas referentes ao machismo da sociedade em que vive. Recentemente lançou seu último filme, o belíssimo O julgamento de Viviane Amsalem (2014), que dirigiu e roteirizou com seu irmão, além de protagonizá-lo de forma...

Ler Mais

O melhor do Cinema Samurai

Por Felippe Gofferman O cinema japonês, se apropriando do teatro e da cultura popular em geral, aborda a temática samurai desde os seus primórdios. Os jidaigeki, como são chamados os dramas de época, sempre foram as meninas dos olhos da indústria cinematográfica japonesa e ainda hoje ocupam boa parte de suas produções. O subgênero chanbara, referente a parte dessas produções relacionada aos samurais, é o mais popular fruto dos jidaigeki. Com inúmeras abordagens e fases que vão do realismo a fantasia, o cinema do Japão se fortaleceu explorando essa figura icônica. Os samurais eram guerreiros ligados a aristocracia japonesa....

Ler Mais

Wong Kar Wai, a fotografia e a paixão

Por Felippe Gofferman Quantos são os diretores que possuem uma assinatura tão forte que seria possível perceber sua autoria em poucos minutos de filmes? Wong Kar Wai é o mais renomado internacionalmente dos cineastas da segunda onda do cinema de Hong Kong e tem em sua cinematografia, como característica marcante, o uso da fotografia e da arte para delinear sua história. A Segunda Onda, que se pauta pela exaltação da cultura local e trabalha o dia-a-dia do povo do estado que tem em sua história anos de domínio por parte de outros países, acabou elevando o cinema de Hong...

Ler Mais

Gojira

Por Felippe Gofferman Os primeiros deuses, segundo a mitologia japonesa, foram os responsáveis pela criação de toda a terra do nosso planeta. Esses deuses tinham proporções titânicas e viviam no céu, embora tivessem frequente contato com o mar e posteriormente com o povo por eles criado. Uma interessante mistura de evolucionismo, poesia e misticismo forma a base das lendas da criação japonesa descrita em livros como Kujiki e Yamatobumi. O monstro mais conhecido do cinema surgiu de uma mistura de mitologia e dor, a qual quase todas as sequências japonesas e versões americanas não se ativeram e, por isso,...

Ler Mais

Guerra

Por Felippe Gofferman O indicado da Dinamarca ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, Guerra (2015), de Tobias Lindholm (Sequestro; 2012), aborda os dilemas da guerra e as marcas que deixam ao acompanhar o comandante Claus Pedersen (Pilou Asbæk) em ação no Afeganistão, a repercussão das decisões erradas que o levam para corte marcial e a vida de sua família enquanto serve ao exército. O tradicional realismo do cinema dinamarquês confere às cenas de combate uma crueza e um senso de perigo que transforma cada próximo passo dos soldados em uma bifurcação que pode lhes levar ao êxito ou a...

Ler Mais